quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

AS MÃOS DE UM ADORADOR


Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. (João 4:23)


No dia 13 de dezembro de 2008 meu pastor Marcos Fernandes, casou sua filha Késia com o jovem Fellipe, a cerimônia foi linda, tudo perfeito.


Em dado momento da festa pastor Marcos pega o violão e canta um louvor de gratidão a Deus.
Enquanto suas mãos dedilhavam as cordas do violão, percebia a emoção na canção e a verdade no ato para com Deus.


Aquelas mãos que agora tocavam uma bela canção, outrora já experimentaram a lida e o sofrimento para criar seus filhos junto de sua esposa à pastora Sônia, aqueles dedos possuem as marcas do trabalho árduo, mas também sabem o que é ministrar sobre vidas e essas serem curadas e libertas pelo o poder de Deus.


As mãos do meu pastor sabem o que é apertar as mãos de um necessitado, sem perspectiva e ajudar aqueles que precisam. Essas são as mãos de um adorador.


Não me lembro de ter visto essas mãos segurarem algum troféu da música popular brasileira, ou receber algum prêmio gospel, mas vi muitas vezes essas mãos serem estendidas em direção aos desvalidos. Essas são as mãos de um adorador.


Quando olho para as mãos desse adorador, não vejo em seus dedos um belo anel de grau, mas sei que essas mãos possuem a autoridade constituída e outorgada pelo próprio Criador para libertar os cativos. Essas são as mãos de um adorador.


As mãos marcadas de Marcos Fernandes representam com grande veemência, as mãos de muitos adoradores espalhados em nosso território brasileiro e porque não dizer nos quatro cantos do planeta. São homens e mulheres, que nunca gravarão um cd, ou nunca aparecerão nos holofotes da mídia, mas suas mãos e suas vidas carregam a essência da vida de Cristo, que tinha suas mãos marcadas pela profissão de carpinteiro, mas sabia usá-las para libertar os necessitados.


As mãos de um adorador, não precisam ser necessariamente belas ou ornamentadas, mas sim identificadas pelos frutos colhidos quando elas estão em ação.


Louvado seja Deus por ainda existir verdadeiros adoradores, que adoram ao Pai em espírito e em verdade.


Eu tenho aprendido com meu pastor a usar minhas mãos para exaltar ao Criador e ajudar aos que precisam. Espero que você tenha esse privilégio.


Deus a todos abençoe


Simplesmente Anderson Bravo

2014 "o Que Deus tem ninguém tem; e o que Deus tem vem para minha mão"

2014 "o Que Deus tem ninguém tem; e o que Deus tem vem para minha mão"

Anderson & Lyon

Anderson & Lyon