quarta-feira, 30 de julho de 2008

Entre o sacerdócio e o mandato


Liguei para um amigo pastor ontem,para conversarmos um pouco,mas a primeira pergunta que ele me fez foi:

- Você é candidato a alguma coisa?

Em tom de riso respondi a ele que "ja estava eleito",foi quando ele me disse do número grandioso de pastores que estão vindo candidatos a algum cargo eletivo na cidade dele,brincamos um pouco sobre o assunto,nos despedimos e então comecei a refletir sobre o assunto.

Porque homens escolhidos para o sacerdócio decidem arriscar um mandado político?

Ja ouvi de alguns boas desculpas com: "estou trabalhando pelo povo de Deus", "o povo de Deus precisa de um representante", "quando um justo governa o povo se alegra", e por ai vai.

Não estou aqui para criticar tal atitude,pois cada um tem seus sonhos e projetos,minhas indagações são,será que o amado pastor sabe o que faz um vereador?

Será que realmente é necessário tornar-se um político para resolver os problemas do "povo evangélico"?

Será que realmente se faz necessário usar o sacerdócio para se beneficiar em uma candidatura?

Sei que alguns vão usar personagens bíblicos como: José,Daniel,etc,mas eles eram candidatos ou tornaram-se autoridades políticas por escolha de seus respctivos reis?Não houve eleição,eles não eram candidatos.

Sei que daqui alguns anos eu corro o risco de ser pego por essas palavras e vir candidato a alguma coisa(que Deus me livre),mas gostaria de deixar meu humilde conselho.

Pensem,orem,pois o sacerdócio é mais importante que o mandato,o púlpito é com certeza é mas gratificante que o palanque ou a tribuna de uma Câmara Municipal.

O governar de um justo não está atrelado a sua crença,há justos sem serem cristãos,e a cristãos que não aprenderam ainda a serem justos.

Somos formadores de opinião,podemos sim inflluênciar essa geração,sem necessariamante estar em um mandato legislativo,o Espírito Santo em nós é muito mais poderoso que qualquer cargo político.

Repito,não sou contra a quem decide se candidatar,mas quem o fizer faça relamente por estar na direção de Deus.

Que possamos votar não no pastor fulano,mas em alguém competente e com projetos que vão realmente abençoar nossas cidades.

Que Deus nos abençoe e nos guarde da má intenção.

Um abraço

Simplesmente Anderson Bravo

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Preciso aprender a Adorar


"Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores".(João 4:23)

Hoje pela manhã enquanto fazia meu devocional ao lado de Edijane pude perceber algo lindo e fantástico.

Enquanto dentro do nosso quarto louvávamos ao Criador,um pássaro entoava lindo som,observei que aquela ave estava dentro de uma gaiola,meu vizinho cria algumas raças de pássaros,mas hoje em particular aquele pequeno ser me ensinou algumas coisas.

O pássaro canta livre ou engaiolado,na cidade ou no campo,ele simplesmente canta,pois foi para isso que ele foi criado pelo Eterno Deus.

Quero aprender com aquele pássaro a louvar ao meu Deus quando estou livre, e quando estiver engaiolado por problemas e dificuldades.

Louvar sempre,em qualquer lugar,pois para isso que fui criado.

O pequeno coração dessa linda ave,não há espaço para rancores e iras,nunca vi um passarinho chatedado com o governo,ou triste com a economia,ou chateado com algém, ele simplemente canta.

O passarinho não desiste de cantar,porque seu milagre não veio,ou por que suas oraçãoes não foram atendidas,ele simplesmente canta.

Tenho muito que aprender com os pássaros,acho que é por isso que eles conseguem voar,pois suas vidas estão tão preocupadas em adorar o Criador,que o Eterno os deu asas para desfrutar da beleza do mundo.

Talvez se eu simplesmente adorasse ao meu Senhor ele me daria asas para atingir lugares altos.

Quero aprender com aquele pássaro.

Deus a todos abençoe.

Simplesmante Anderson Bravo

quinta-feira, 17 de julho de 2008

Pecado de Estimação



Já aconteceu várias vezes; eu estar pregando e alguém se levantar e ir embora,confesso que no início eu ficava meio constrangido,achava que minha mensagem não era boa ou que fui rude de mais.


Mas um dia eu li esse texto: Muitos dos seus discípulos, tendo ouvido tais palavras, disseram: Duro é este discurso; quem o pode ouvir? Por causa disso muitos seguidores de Jesus o abandonaram e não o acompanhavam mais.


Então ele perguntou aos doze discípulos:


- Será que vocês também querem ir embora? (leia todo o texto depois). João 6:60 – 68.
Depois que li esse texto comecei a refletir, no que incomodava essas pessoas, e descobri que são os seus pecados.


Porque na verdade a palavra de Deus é perfeita, não haveria incomodo quando Deus fala, exceto quando há pecado.


Algumas pessoas tem “pecados de estimação”, não abrem mão deles, estão indo para o fundo do poço, mas não abandonam tal prática.
Meu conselho a você é se as pregações te incomodam, observe sua vida, você pode ter um “pecado de estimação”, isso te levará a ruína, e possivelmente a morte. “O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia”. Pv. 28:13.
Deus te abençoe.

sexta-feira, 4 de julho de 2008

O VALOR DAS PEQUENAS COISAS


No último dia 2 de julho o mundo assistiu com emoção a libertação da ex-senadora colombina e activista Ingrid Betancourt,e mais 15 reféns.

Seqüestrada em 2002, permaneceu em poder das FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia).

Nas muitas entrevistas emocianantes dadas por Ingrid,uma chamou-me a atenção,quando ao lado de seus filhos Mélanie e Lorenzo declarou a valorização das pequenas coisas da vida,ela afirmou da importancia de um simples sabonete,pois na selva,onde ela estava não havia nada nenhum tipo de benefício da civilização.

Ao ouvir essas declarações pensei sobre o "Valor das pequenas coisas".

Vivemos em uma época que a necessidade de se possuir muita coisa é o que prevalece,o carrão do ano,a roupa de marca,o tênis famoso,mas isso nada vale para quem está refem em um sequestro.

Talvez você não more em uma bela cobertura,ou anda de ônibus,mas você tem uma família que está ao seu lado,talvez suas roupas não tem uma marca famosa na etiqueta,mas sua você não está nú.

Ao invés de reclamar ou achar que sua vida não a de um principe ou princesa real,agradeça a Deus o pouquinho que você tem, o Eterno Deus nos orienta a não desprezarmos o dia das pequenas coisas(Zc.4:10),você não mora no Palácio de Beckingham?Nem eu!!Mas na sua humilde casa a alegria e a paz é que precisam reinar.

Valorize as pequenas coisas da vida,pois nelas estão os maiores prazeres de se viver.

Tchau

Simplesmente Anderson Bravo

2014 "o Que Deus tem ninguém tem; e o que Deus tem vem para minha mão"

2014 "o Que Deus tem ninguém tem; e o que Deus tem vem para minha mão"

Anderson & Lyon

Anderson & Lyon