segunda-feira, 3 de junho de 2013

A Morte e seus Ensinos


Hoje (03/06/2013) estive em uma cerimônia fúnebre, um serviço que faz parte da nossa vida pastoral.


Hoje foi o sepultamento de uma amada irmã de nossa igreja, e essa família sofreu o mesmo “baque” a cerca de cinco meses atrás com a partida do pequeno Isaque; A dor dessa família que em tão pouco tempo sofre essas pancadas da vida, me fez pensar sobre a Morte e seus ensinos.

A morte é covarde mas possui um poder de ensino tremendo, à chamo de covarde pois ela não escolhe idade, momento, posição ou circunstância, ela simplesmente vem.

A morte é a única certeza que temos e mesmo assim não estamos prontos pra ela.

Há quem se ache grande até ser apresentada a morte, ela consegue nos fazer valorizar a vida, ou seja, só reconhecemos a vida no dia da morte.

A morte consegue nos ensinar que nada somos, que cada instante estamos nos aproximando desse encontro fatídico, que ninguém quer, mas que todos hão de experimentar.

A morte nos faz pensar o quanto amávamos alguém, há que precise do dia da morte para dizer: “Eu te amava”

O Sábio Salomão chegou a dizer que Melhor é ir à casa onde há luto do que ir à casa onde há banquete, porque naquela está o fim de todos os homens, e os vivos o aplicam ao seu coração.(Eclesiastes 7:2) A morte tem esse poder, nos faz pensar sobre coisas realmente importantes, o que realmente tem valor.

Nunca vou gostar da morte, ela sempre leva quem amamos,mas não podemos negar que ela ensina, ah ensina.

Deus a todos abençoe


Simplesmente Anderson Bravo *LUTO

Um comentário:

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, estive a ver e ler algumas coisas,
reparei que aqui há uma pessoa artista,e como aprecio pessoas com arte
fiquei mais um pouco para ver melhor.
Posso dizer que gostei do que li e vi desde já quero dar-lhe os parabéns,
decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

2014 "o Que Deus tem ninguém tem; e o que Deus tem vem para minha mão"

2014 "o Que Deus tem ninguém tem; e o que Deus tem vem para minha mão"

Anderson & Lyon

Anderson & Lyon